Representante da ADPMETO participam de reunião para elaborar proposta de emenda à MP 02/19; Ofício foi encaminhado ao governador

Na última segunda-feira (18) o presidente da Associação de defesa e apoio jurídico aos militares do Tocantins , João Victor Moreira , esteve reunido com representantes de associações e sindicatos de demais categorias para elaborar proposta de alteração à Medida Provisória nº 02/2019, a qual suspende a concessão de progressões e o reajuste de gratificações aos servidores estaduais por 30 meses.

As propostas de emenda à MP 02/19, elaboradas pelas entidades durante a reunião, foram protocoladas em ofício e encaminhadas ao governador do estado e à equipe competente.

Dentre as sugestões foram feitas as seguintes solicitações de alteração à MP:
– Solicitada a constituição das câmaras técnicas compostas de forma paritária por representantes do executivo estadual, das entidades sindicais e associações de militares que tenham por objetivo a realização de reuniões quadrimestrais dedicadas a análise dos dados relativos ao cenário econômico-financeiro do Estado, fornecidos pela Secretaria da Fazenda e Planejamento.
– Solicitado que o prazo de congelamento das progressões, de gratificações, de verba indenizatória de indenização pecuniária e de produtividade, estipulado pelo governo em 30 meses, seja reduzido para até 12 meses.

Mais de dez entidades, entre sindicatos e associações, assinaram o ofício e aguardam retorno do governo.

O presidente da ADPMETO, João Victor Moreira, destaca que continuará lutando, junto às demais categorias, para que nenhum direito dos servidores seja suprimido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *